Tempo
|
A+ / A-

Maiores de 35 anos já podem agendar dose de reforço da vacina Covid-19

20 jan, 2022 - 16:04 • Ricardo Vieira

Para marcar a vacinação, os utentes devem inscrever-se no Portal do Agendamento do Ministério da Saúde.

A+ / A-

Veja também:


As pessoas com 35 ou mais anos já podem, a partir desta quinta-feira à tarde, agendar dose de reforço da vacina contra a Covid-19.

Para marcar a vacinação, os utentes devem inscrever-se no Portal do Agendamento do Ministério da Saúde.

Atualmente, podem marcar a dose de reforço (e a vacina da gripe, se elegível) as pessoas com:

  • 60 ou mais anos
  • 35 ou mais anos
  • 18 ou mais anos vacinados com vacina Janssen há 90 ou mais dias.

Segundo dados de quarta-feira Direção-Geral da Saúde, mais de quatro milhões de pessoas já receberam a dose de reforço da imunização contra o coronavírus SARS-CoV-2 e mais de 8,7 milhões têm a vacinação primária completa.

Portugal registou nas últimas 24 horas um novo máximo diário de infeções. São mais 56.426 novos casos. Há também registo de 34 mortos.

O número de internados também subiu e são agora mais de dois mil (2.004), mais 45 do que ontem, dos quais 152 em cuidados intensivos (menos um do que ontem).

A região Norte mantém-se na liderança de maior número de novos casos, com 24.422, quase 50%. seguida de Lisboa e Vale do Tejo com 17.341 novos casos.

Neste momento, há mais de 380 mil casos ativos da doença (384.568) e mais de 770 mil pessoas em isolamento.

Desde o início da pandemia, Portugal já contou 2.059.595 casos de Covid, dos quais 19.447 morreram e 1.655.580 conseguiram recuperar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+