Tempo
|
A+ / A-

Boletim DGS

Mais 80 pessoas internadas em dia com 32.271 novos casos de Covid-19 e 33 mortes

16 jan, 2022 - 14:19 • Marta Grosso , Joana Gonçalves

Portugal tem nesta altura 168 camas ocupadas com doentes covid nas unidades de cuidados intensivos.

A+ / A-

Portugal regista, neste domingo, mais 32.271 casos de Covid-19 e 33 óbitos associados à doença. O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) aponta também uma subida no número de hospitalizações: mais 80, das quais cinco em cuidados intensivos.

Nesta altura, há 168 camas ocupadas nas UCI do país. No total, os hospitais têm 1.813 pessoas internadas com Covid-19.

Desde 12 de agosto de 2021 que os cuidados intensivos não tinham este número de camas ocupadas. Nesse dia, havia um total de 754 pessoas internadas nos hospitais portugueses. Nesse dia, a DGS registou ainda 2.708 novas infeções com SARS-CoV-2 e 11 mortes.

No mapa do país, o Norte volta a aparecer com a maior incidência de casos (mais 13.166), mas é Lisboa e Vale do Tejo que regista mais óbitos (14 para 11.501 novos casos).

Olhando para as faixas etárias, é entre os 40 e os 49 anos que existem mais casos novos (5.578), seguindo-se o grupo etário dos 30 aos 39 anos (5.578) e depois dos 20-29 anos (4.859).

No que diz respeito aos óbitos, este domingo volta a registar um entre os 20 e os 29 anos.

Os restantes, situam-se nas faixas etárias dos 50-59 (um), 60-69 (um), 70-79 (sete) e +80 (23).

Neste domingo, o boletim da DGS dá também conta de mais 14.516 pessoas recuperadas. Desde o início da pandemia, 1.538.316 pessoas foram dadas como recuperadas da Covid-19.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+