Tempo
|
A+ / A-

Lisboa

Obras em Sete Rios até 2024 para prevenir inundações

14 jan, 2022 - 19:33 • Lusa

Segundo o autarca de São Domingos de Benfica, a intervenção representa um investimento de 7,6 milhões de euros.

A+ / A-

O presidente da junta de freguesia lisboeta de São Domingos de Benfica, José da Câmara, considerou esta sexta-feira que a requalificação da praça de Sete Rios, que terá início este mês, vai prevenir a ocorrência de inundações na zona.

A intervenção na Praça Marechal Humberto Delgado, mais conhecida como Sete Rios, deverá arrancar dentro de duas semanas e estará concluída em 2024, num investimento de cerca de 7,6 milhões de euros, segundo confirmou fonte da Câmara Municipal de Lisboa.

Esta obra, que já tinha sido aprovada pelo anterior executivo lisboeta, liderado por Fernando Medina (PS), é encarada com “bastante expectativa” pelo atual presidente da Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica, José da Câmara, que acredita que “vai beneficiar” aquela zona da cidade de Lisboa.

“Nós estamos a falar de Sete Rios, onde há muitas cheias. Isto é um plano também de haver uma melhor drenagem naquele espaço tão fustigado pelas águas. E depois também é uma obra de embelezamento daquela zona. Não há ninguém que passe por ali que ache aquilo bonito”, apontou.

Dada a duração e o impacto da obra, a Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica tem levado a cabo sessões de esclarecimento com os moradores, a última das quais na quinta-feira passada, “com uma enorme participação”.

“Ficámos muito contentes de ter esta iniciativa e de criar esta sessão. Muitas perguntas ficaram por responder e teremos brevemente uma outra sessão de esclarecimento. As alterações de trânsito e a mobilidade na zona são as principais dúvidas que nos colocam”, referiu José da Câmara.

Apesar da obra não ser da responsabilidade da Junta de Freguesia, o autarca comprometeu-se a acompanhar o desenvolvimento da empreitada e a “esclarecer todas as dúvidas que forem surgindo”.

É uma obra muito grande, que vai durar dois anos. Não é uma obra de bairro, pois Sete Rios pertence a toda a gente. Nós, junta, não temos diretamente nada a ver com a obra, mas ao longo destes dois anos iremos estar presentes em todas as ações que forem necessárias”, sublinhou.

Mais zonas verdes e de lazer para a freguesia

De acordo com informação publicada na página da internet da Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica, “a empreitada terá como objetivos, entre outros, o aumento do espaço pedonal, organizando assim o trânsito automóvel, privilegiar as deslocações mais sustentáveis, em marcha, a pé, de bicicleta ou de transportes públicos e assegurar a apropriação, fruição e melhoria do espaço público”.

A criação de mais espaços verdes e zonas de lazer, a reabilitação do Pavilhão da Correspondência, a instalação de um sistema de jogos de água lúdicos e de um parque infantil e a construção de um coletor de saneamento, são algumas das alterações previstas nesta intervenção, que decorrerá em sete fases distintas.

“No seu decorrer, a obra resultará em alguns condicionamentos do trânsito envolvente, bem como dificultará o acesso de alguns moradores. Todavia, asseguramos que tudo faremos para reduzir o impacto dos constrangimentos causados”, refere uma nota da freguesia de São Domingos de Benfica.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+