Tempo
|
A+ / A-

Arquivada queixa do juiz Ivo Rosa contra Carlos Alexandre

11 jan, 2022 - 18:41 • Lusa

Em causa estavam alegados atrasos no processo BES.

A+ / A-

O Conselho Superior da Magistratura (CSM) arquivou, por unanimidade, a queixa apresentada pelo juiz de instrução Ivo Rosa em relação ao juiz Carlos Alexandre por alegados atrasos no processo BES.

“Relativamente à queixa do Dr. Ivo Rosa quanto ao juiz Carlos Alexandre, foi determinado o seu arquivamento”, disse a relatora Sofia Martins da Silva a jornalistas, na sequência de cerca de oito horas de plenário na sede do CSM, em Lisboa, no qual a queixa entre os dois juízes do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC, mais conhecido por ‘Ticão’) foi um dos pontos em análise.

Segundo noticiou o jornal ‘Público’ na passada sexta-feira, a queixa apresentada por Ivo Rosa ao CSM apontava atrasos a Carlos Alexandre em determinar arrestos e embargos no processo BES, que sendo um processo atribuído a Ivo Rosa esteve a cargo de Carlos Alexandre quando Ivo Rosa estava em exclusivo na instrução da Operação Marquês.

Ainda segundo o ‘Público’, a queixa de Ivo Rosa já teria sido analisada por uma vogal do CSM, que no parecer que elaborou terá destacado o elevado número de despachos produzidos por Carlos Alexandre enquanto substituiu Ivo Rosa, defendendo um arquivamento da queixa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+