Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

COVID-19

Utentes devem considerar apenas SMS de reagendamento para novo centro de vacinação em Lisboa

30 nov, 2021 - 21:37 • Lusa

O presidente da Câmara de Lisboa disse que o novo centro de vacinação contra a Covid-19, que abre portas na quarta-feira, vai ser "uma grande mudança para positivo".

A+ / A-

Os cidadãos com marcação prévia para centros de vacinação agora encerrados em Lisboa, devem considerar apenas o reagendamento recebido por mensagem para comparecerem no novo espaço, na Feira Internacional de Lisboa (FIL), no Parque das Nações, indicou a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Em comunicado, a DGS explicou que foi necessário informar os utentes previamente agendados para os centros de vacinação encerrados do seu reagendamento para o novo centro de vacinação em Lisboa.

"Esta informação foi efetuada por SMS, a partir do número 2424. Pede-se aos utentes que respeitem apenas a informação constante nas SMS com agendamento para a FIL-Pavilhão 4 (EXPO - Parque das Nações), Av. Boa Esperança, 40101B, 1990-305 Lisboa", pode ler-se.

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) pediu desculpa esta terça-feira aos utentes de Lisboa que viram adiados os agendamentos de vacinação contra a covid-19, indicando que "não serão mais de 2.500 pessoas".

"Pedimos desculpa. De vez em quando, este é um processo complexo, difícil, envolve milhares e milhares, centenas de milhares de pessoas, tem agendamentos centrais, tem agendamentos locais, enfim, nem sempre as coisas poderão correr bem, pedimos desculpa por isso", afirmou o presidente da ARSLVT, Luís Pisco, referindo-se ao adiamento de agendamentos devido ao encerramento de três centros de vacinação em Lisboa.

No âmbito de uma visita ao novo centro de vacinação no pavilhão 4 da Feira Internacional de Lisboa (FIL), no Parque das Nações, que abre portas na quarta-feira, acompanhado do presidente da Câmara de Lisboa, Carlos Moedas (PSD), o responsável da ARSLVT assegurou que "não há qualquer dificuldade em vacinar essas pessoas nos próximos dias" e realçou que o novo espaço "tem o dobro da capacidade que estava instalada em Lisboa", permitindo aumentar de 3.000 pessoas vacinadas por dia para 6.000 ou ir até às 9.000.

O presidente da Câmara de Lisboa disse hoje que o novo centro de vacinação contra a covid-19, que abre portas na quarta-feira, vai ser "uma grande mudança para positivo".

"Aquilo que a pandemia hoje exige do decisor político é a antecipação", afirmou o social-democrata Carlos Moedas, no âmbito de uma visita ao novo centro de vacinação no pavilhão 4 da FIL.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+