Tempo
|
A+ / A-

Surto na cadeia de Alcoentre com 22 reclusos infetados

26 nov, 2021 - 10:29 • Isabel Pacheco

Dez foram encaminhados para o Hospital Caxias, em Lisboa, e outros 12 para a Unidade de Covid-19 estabelecimento prisional do Porto.

A+ / A-

A prisão de Alcoentre, na Azambuza, tem 22 reclusos infetados com Covid-19. A informação é confirmada à Renascença pela Direção-Geral dos Estabelecimentos Prisionais, segundo a qual todos os infetados estão vacinados e assintomáticos.

O alerta foi dado no fim de semana, após ter sido detetado o primeiro caso positivo. Seguiu-se a testagem dos 495 reclusos, tendo sido identificados mais 21 casos de infeção com o novo coronavírus.

Dez dos infetados foram encaminhados para o Hospital Prisional de Caxias. Os outros 12 estão na Unidade de Covid-19, que pertence ao estabelecimento prisional do Porto.

Segundo a Direção-Geral dos Estabelecimentos Prisionais, há a registar ainda outros dez casos de Covid-19 entre os reclusos de outros estabelecimentos dispersos por todo o país.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+