Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

“Maioria dos utentes dos lares já recebeu dose de reforço” contra a Covid-19

06 nov, 2021 - 09:00 • Henrique Cunha

A Direcção-Geral da Saúde atualizou o conjunto de orientações para as Estruturas Residenciais para Idosos e para Unidades de Cuidados Continuados integrados.

A+ / A-

O presidente da Associação de Apoio Domiciliário de Lares e Casas de Repouso de Idosos (ALI) revela que a maioria dos utentes já recebeu a terceira doce contra a Covid e saúda aproveita para saudar a atualização das orientações da DGS para as visitas aos lares, conhecida a meio da semana.

João Ferreira de Almeida reconhece existir “uma diferença no estado de espírito das pessoas” desde que se verificou uma redução ao nível de medidas restritivas de acesso às visitas.

A Direcção-Geral da Saúde atualizou o conjunto de orientações para as Estruturas Residenciais para Idosos e para Unidades de Cuidados Continuados integrados. Cada instituição deve comunicar aos familiares e outros visitantes as situações em que decorrem as visitas, garantindo o acesso e a utilização adequada dos espaços a respetiva higienização e ventilação.

Em entrevista à Renascença, o presidente da ALI saúda esta clarificação da DGS. “Vem atualizar e clarificar algumas questões. E, sobretudo, vem reunir num só documento o que estava disperso por vários. Nomeadamente, por exemplo, as regras para as visitas aos idosos nos lares que constavam de outro documento que foi agora revogado, sendo que as regras foram incorporadas nesta atualização da orientação 009 da DGS.

E esta nova atualização pode incrementar as visitas de forma mais regular aos lares ou não?

Não estou à espera de que isso aconteça. Deve-se manter mais ou menos igual.

Os visitantes estão obrigados a apresentar certificado de vacinação ou teste negativo à Covid. Isto pode inibir as visitas?

Penso que não porque a maioria da população já está vacinada com a segunda dose e a maioria dos idosos em lares já levaram inclusive a dose de reforço. Penso que por aí não haverá problema. Mas, deixe-me reafirmar isto: Nestes meses todos em que as visitas e saídas estiveram proibidas eu não tenho dúvidas nenhumas de que isso foi muito violento quer para idosos, quer para familiares. Agora há que ter cautela, precaução e sobretudo coerência de regras.

Já se nota essa diferença no rosto dos utentes dos lares pelo facto de se ter tornado mais fácil essa interação com os seus familiares?

Em termos de visitas sim: Têm sido frequentes e nota-se e nota-se a diferença no estado de espírito das pessoas.

A última pergunta tem a ver com a vacinação. Está concluído o processo de administração da terceira dose nos lares?

A notícia que tenho é que a maioria dos idosos em lares já estão com a terceira dose. Os que devem levar a terceira dose, porque os que contraíram a infeção não levarão a terceira dose. Mas sim, a informação que temos é que uma larga maioria já tem a terceira dose ministrada.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+