Tempo
|
A+ / A-

Ao largo de Sintra

Mais um salvamento após interação de veleiro com orcas

03 nov, 2021 - 07:09 • Lusa

Não há registo de feridos.

A+ / A-

A Polícia Marítima socorreu, na madrugada desta quarta-feira, duas pessoas de nacionalidade inglesa, de 49 e 51 anos, depois de terem ficado à deriva num veleiro que interagiu com orcas ao largo de Sintra, em Lisboa, anunciaram as autoridades.

A Autoridade Marítima Nacional (AMN) refere que os tripulantes foram encontrados a quatro milhas náuticas, cerca de sete quilómetros, da praia de São Julião.

“À chegada junto ao veleiro, os elementos da Estação Salva-vidas constataram que os dois tripulantes se encontravam bem fisicamente, tendo procedido ao reboque do veleiro para a marina de Cascais, por questões de segurança para a navegação”, adianta a AMN.

Em conjunto com o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), a AMN aproveita para recomendar “a todos os navegantes que, em caso de avistamento destes mamíferos, seja desligado o motor, por forma a inibir a rotação da hélice, e imobilizada a porta do leme, desmotivando assim estes mamíferos a interagir com as estruturas móveis das embarcações”.

O alerta para a ocorrência foi dado pelas 4h13.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+