Tempo
|
A+ / A-

Ana Jorge deverá suceder a Francisco George na Cruz Vermelha

23 out, 2021 - 17:04 • Redação

Este é o nome indicado pelo Governo. O anterior presidente não foi nomeado e não se vai autopropor.

A+ / A-

Ana Jorge, ex-ministra da Saúde, deverá ser a próxima presidente nacional da Cruz Vermelha Portuguesa, noticia este sábado o Expresso.

Segundo o mesmo jornal, este nome foi escolhido pelo Ministério da Defesa. Agora terá de ser confirmado pelos cerca de 40 vogais do conselho supremo da Cruz Vermelha.

Basta que um vogal se oponha para que a ex-governante seja chumbada.

O Expresso falou com Ana Jorge que confirmou: "Fui contactada pelo ministro da Defesa sobre a possibilidade de ser candidata à presidência da Cruz Vermelha Portuguesa e aceitei. Portanto, sou candidata. Mas agora será necessário haver um consenso na aprovação do meu nome".

O anterior presidente, Francisco George, não foi nomeado e também não se vai autopropor, como poderia fazer.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+