Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Secretário de Estado Adjunto e da Saúde

​Governo admite que estatuto do SNS pode demorar, mas promete respostas imediatas

22 out, 2021 - 13:15 • Redação

O novo Estatuto do SNS foi aprovado na quinta-feira em Conselho de Ministros..

A+ / A-

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, admite que o Estatuto do Serviço Nacional de Saúde (SNS) poderá demorar algum tempo até que seja implementado, mas diz que esta é uma "reforma estrutural da saúde".

Questionado sobre se há respostas para a afluência às urgências de hospitais e à pressão que se vive nos centros de saúde, o governante diz que “este estatuto do SNS é uma reforma estrutural da saúde, é a regulamentação, por assim dizer, da própria Lei de Bases da Saúde”, reconhecendo, no entanto, que “tem o seu tempo de implementação”.

Lacerda Sales acrescenta que sabe têm de “dar respostas imediatas e respostas imediatas é melhorando a tal integração e a tal articulação entre os cuidados de saúde, melhorando ao nível dos recursos humanos, como temos estado a fazer”.

O secretário de Estado falava aos jornalistas à margem das comemorações do Dia do Anestesiologista, promovidas pelo Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga.

O novo Estatuto do SNS foi aprovado na quinta-feira em Conselho de Ministros.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+