Tempo
|
A+ / A-

Vacinação Covid-19. Há alunos à espera dos pavilhões para ter aulas de educação física

29 set, 2021 - 07:38 • Fátima Casanova

Os espaços foram convertidos em centros de vacinação. Conselho Nacional de Profissionais de Educação Física pede às autarquias que “reponham rapidamente” as instalações.

A+ / A-

Veja também:


Há alunos sem aulas de educação física, na sequência de os pavilhões terem sido convertidos em centros de vacinação contra a Covid-19. A denúncia é feita à Renascença pelo presidente do Conselho Nacional de Associações de Profissionais de Educação Física (CNAPEF).

Avelino Azevedo “espera que, com o término deste plano [de vacinação], rapidamente os municípios, que são responsáveis pelas instalações desportivas escolares e municipais, reponham a situação no sentido de a disciplina vir a ser lecionada normalmente pelos seus docentes”.

O presidente do CNAPEF sublinha que “a disciplina de Educação Física vai do pré-escolar até ao 12.º ano, é transversal a todo o percurso curricular dos alunos”.

Destaca ainda a necessidade “de os alunos fazerem exercício físico de forma regular”, o que traz benefícios ao nível da saúde física e mental.

Quase duas semanas após o arranque de novo ano letivo, Avelino Azevedo lamenta que muitos alunos ainda não tenham conseguido ter aulas de Educação Física e lembra que, depois de desmantelados os centros de vacinação, deverá ser necessário reabilitar os espaços que sofreram desgaste nos últimos meses.

Em Lisboa, o número de centros de vacinação vai ser reduzidos para três até dia 4 de outubro (próxima segunda-feira). O anúncio é feito pela Câmara, em comunicado.

Até agora, já foram desativados os Centros do Pavilhão 1 do Estádio Universitário, o Pavilhão Manuel CastelBranco e oCentro Hindu de Portugal. O Centro de Vacinação do Altice Arena encerra a partir de 1 de outubro.

O último centro a fechar portas será o do Picadeiro do Real Colégio.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • J M
    29 set, 2021 Seixal 17:04
    Coitadas das crianças, não podem fazer educação física no exterior da escola ao ar livre (o que até é mais saudável nos tempos que correm) tem de ser no pavilhão.

Destaques V+