Tempo
|
A+ / A-

Pandemia

Covid-19. PSD quer Gouveia e Melo no Parlamento para balanço da vacinação

28 set, 2021 - 19:46 • Lusa

Requerimento foi apresentado no mesmo dia em que foi anunciado o fim da missão da equipa coordenadora do processo de vacinação.

A+ / A-

O Grupo Parlamentar do PSD requereu esta terça-feira uma audição no Parlamento, com o coordenador da ‘task-force’ responsável pela vacinação contra a Covid-19, o vice-almirante Gouveia e Melo, para fazer um balanço do processo.

No texto, os sociais-democratas justificam a audição na Comissão Eventual para o acompanhamento da aplicação das medidas de resposta à pandemia da doença Covid-19 com a “aproximação do cumprimento da meta dos 85% de população vacinada contra a Covid-19, desiderato máximo da ‘task-force’”.

“O GPPSD (grupo parlamentar do PSD) pretende que seja feito o devido balanço do processo de vacinação por esta comissão, responsável pelo acompanhamento das medidas de combate à pandemia”, lê-se no texto.

O requerimento é apresentado no mesmo dia em que foi anunciado o fim da missão da equipa coordenadora do processo de vacinação.

Na sessão em que foi feito o anúncio, Gouveia e Melo agradeceu, em jeito de balanço de oito meses de trabalho à frente deste processo, à população e a todas entidades e profissionais envolvidos no plano de vacinação.

"O balanço é agradecer à população portuguesa por ter contribuído para o processo de vacinação, agradecer aos profissionais de saúde, entre eles, os enfermeiros, mas todos os outros, os auxiliares, e a todo o Ministério da Saúde, com todos os seus organismos", disse o vice-almirante aos jornalistas, na sede da 'task force', em Oeiras, distrito de Lisboa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+