Tempo
|
A+ / A-

Portugal extraditou chefe da máfia calabresa para Itália

23 set, 2021 - 19:25 • Redação

Francesco Pelle foi entregue às autoridades italianas esta quinta-feira. Foi detido em abril no Hospital de São José em Lisboa, onde se encontrava internado a recuperar da Covid-19.

A+ / A-

A Polícia Judiciária (PJ) entregou, esta quinta-feira, Francesco Pelle, chefe da máfia calabresa, às autoridades de Itália.

Em comunicado, a PJ revela que, “através da Unidade de Coopração Internacional (UCI) e da Unidade Nacional Contraterrorismo (UNCT), procedeu nesta data, à entrega do cidadão italiano Francesco Pelle, às autoridades italianas, após Despacho de Extradição, emanado pelo Tribunal da Relação de Lisboa".

A nota enviada às redações acrescenta que a conclusão do processo de extradição “foi o corolário de uma intensa ação de cooperação internacional e de troca de informação, entre as autoridades italianas e portuguesas”.

Além disso, a PJ indica que, "por motivos de segurança e sigilo da operação", a entrega teve lugar no Aeroporto Militar de Lisboa - AT1, de onde o detido viajou com destino a Itália, a bordo de aeronave oficial da República Italiana”.

Francesco Pelle, de 44 anos, estava em fuga desde 2007 e foi detido pela pela Unidade Nacional Contra Terrorismo da PJ, a 20 de abril deste ano, “na sequência de um Mandado de Detenção Europeu, emitido pelas Autoridades Judiciárias de Itália”.

Estava internado no Hospital de São José, em Lisboa, a recuperar da Covid-19.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+