Tempo
|
A+ / A-

GNR inicia operação para sensibilizar alunos e pais no regresso às aulas

14 set, 2021 - 08:25 • Olímpia Mairos

As ações serão desenvolvidas junto dos cerca de cinco mil estabelecimentos escolares que fazem parte da área de atuação da Guarda e são dirigidas a professores, alunos e encarregados de educação.

A+ / A-

A GNR anunciou esta terça-feira que irá realizar ações de sensibilização nas escolas nacionais para transmitir conselhos de segurança.

As ações da operação “Regresso às aulas 2021” serão desenvolvidas junto dos cerca de cinco mil estabelecimentos escolares que fazem parte da área de atuação da Guarda e são dirigidas a professores, alunos e encarregados de educação.

Entre os temas que a GNR vai abordar, estão a segurança na rua e em casa e ainda a segurança rodoviária, “uma vez que o fluxo de trânsito aumenta devido ao transporte dos alunos para a escola, sendo importante alertar os condutores para a utilização dos cintos de segurança e dos sistemas de retenção para crianças”.

No que toca aos principais conselhos que dará aos jovens, a GNR destaca que devem circular para a escola, sempre que possível, acompanhados, evitando passar em locais isolados ou com pouca luz.

Aconselha ainda que memorizem nas marcações rápidas do telemóvel o número do posto da GNR local e que, à saída, esperem por um familiar ou amigo dentro da escola.

Em relação à internet, as autoridades aconselham às crianças e jovens que escolham bem os conteúdos que publicam, não deixem as palavras-passe acessíveis a terceiros e que peçam ajuda no caso de se sentirem ameaçados.

Aos pais, a GNR aconselha que “acompanhem o desenvolvimento escolar e as rotinas das crianças e que recorram às autoridades sempre que tiverem conhecimento ou suspeita de que o filho ou colegas estejam a ser vítimas de ameaças, agressões ou outro tipo de crime”.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+