Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. Cerca de 131 mil jovens vacinados no fim de semana

13 set, 2021 - 16:54 • Cristina Nascimento , com redação

Mais de 80% da população de Portugal Continental já tem a vacinação completa para a Covid-19, indica a "task force".

A+ / A-

Veja também:


Cerca de 131 mil jovens, entre os 12 e os 15 anos, foram vacinados este fim de semana contra a Covid-19, avançou à Renascença fonte da “task force” para o plano de vacinação.

Os dados referentes a sábado e domingo, 11 e 12 de setembro, mostram que 127 mil foram segundas doses.

Durante este fim de semana cerca de 23 mil jovens faltaram à segunda dose, adianta a equipa liderada pelo vice-almirante Gouveia e Melo.

“À semelhança do ocorrido na semana passada, estima-se que a grande maioria destes jovens seja vacinada ao longo da presente semana, na modalidade “casa aberta”, refere a mesma fonte.

Questionada pela Renascença, a “task force” revela que mais de 80% da população de Portugal Continental já tem a vacinação completa para a Covid-19, tendo por base dados até domingo, 12 de setembro.

Portugal regista esta segunda-feira mais cinco mortes e 458 novos casos de Covid-19, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

É o menor número diário de novas infeções em mais de três meses, desde 7 de junho.

Nos hospitais estão internadas 586 pessoas, mais 17 em relação ao dia de ontem.

O número de recuperados da Covid-19 ultrapassou o milhão desde a chegada da pandemia a Portugal, em março do ano passado.

A matriz de risco melhorou e aproxima-se agora da zona verde.

A taxa de incidência nacional desceu de 240,7 para 208,3 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes. No continente, a incidência baixou de 247,9 para 214 casos por 100 mil habitantes.

O índice de transmissibilidade desceu de 0,87 para 0,85 a nível nacional e de 0,87 para 0,84 no continente.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+