Tempo
|
A+ / A-

Mapa Covid-19. Montalegre e Albufeira são os únicos concelhos com risco extremamente elevado

10 set, 2021 - 14:38 • Redação

Boletim da Direção-Geral da Saúde dá conta de uma descida no número de municípios com risco risco extremamente e muito elevado.

A+ / A-

Desceu de seis para dois o número de concelhos com risco extremamente elevado de Covid-19, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta sexta-feira.

Montalegre é o município do país com maior incidência cumulativa a 14 dias, com 1.036 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes.

O outro concelho do país em risco extremamente elevado (com mais de 960 casos por 100 mil habitantes) é Albufeira, com um total de 997 casos nas últimas semanas.

Descem de 27 para 15 os concelhos com risco muito elevado, que têm entre 480 e 959,9 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

Os municípios com risco muito elevado são: Amares (619), Beja (591), Boticas (568), Fafe (607), Fronteira (784), Lagos (823), Loulé (547), Moura (610), Mourão (575), Penedono (739), Portimão (701), Ribeira de Pena (668)Vila do Bispo (641), Vila Pouca de Aguiar (514) e Vila Verde (545).

Os dados do boletim epidemiológico desta sexta-feira mostram um Portugal mais próximo da zona amarela da matriz de risco desenhada pelo Governo.

A taxa de incidência nacional desce de 259,6 para 240,7 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes e, no continente, cai de 267,4 para 247,9 casos.

O índice de transmissibilidade (Rt) segue a mesma tendência e desce para 0,87 – no boletim anterior era de 0,92 ao nível nacional e de 0,93 no continente.

Os dados revelam ainda uma nova descida no número de pessoas hospitalizadas: menos 28 em enfermaria (agora num total de 569) e menos nove nos cuidados intensivos (agora com 118). É o quarto dia consecutivo de descida nos internamentos.

Comparando com a semana passada (dia 3 de setembro), registam-se menos 112 pessoas internadas.

Matriz de risco

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+