Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Covid-19. Centro de Vacinação de Espinho encerra no dia 26 de setembro

09 set, 2021 - 20:33 • Lusa

No dia das eleições autárquicas, o dispositivo "continuará a funcionar em regime de porta aberta", embora sob a recomendação de que os interessados garantam previamente uma senha online para o respetivo atendimento.

A+ / A-

O Centro de Vacinação de Espinho vai encerrar no dia 26 de setembro, revelou esta quinta-feira o Serviço Municipal de Proteção Civil, adiantando que futuras inoculações realizar-se-ão nos centros de saúde desse concelho do distrito de Aveiro.

O dispositivo instalado na antiga escola da Seara para administrar as vacinas contra a Covid-19 terminará a sua atividade às 14h00 do referido domingo, de acordo com o horário que já em meados de agosto passou a ser mais reduzido devido à elevada percentagem de vacinação já concluída nesse território.

"O dia 26 será o último de funcionamento do Centro de Vacinação de Espinho. Essa data segue as recomendações nacionais da tutela, que são no sentido de que, a 27 de setembro, já as vacinas sejam administradas nos centros de saúde de cada concelho e em alguns pontos selecionados da rede de centros de vacinação, que não encerrará toda ao mesmo tempo", adianta Pedro Louro à Lusa, enquanto coordenador do Serviço Municipal de Proteção Civil e comandante dos Bombeiros Voluntários do Concelho de Espinho.

Entretanto, até às 14h00 do dia 26 - data que coincide com a das eleições autárquicas em todo o território nacional - o dispositivo "continuará a funcionar em regime de porta aberta", embora sob a recomendação de que os interessados garantam previamente uma senha online para o respetivo atendimento.

"O facto de chegarem sem senha não tem sido impeditivo de que recebam a vacina, mas é sempre mais seguro que assegurem a sua vez na internet antes de se deslocarem ao local", defende Pedro Louro.

O mesmo responsável realça que a data de encerramento do Cento de Vacinação de Espinho marcará o fim de um trabalho coletivo que, envolvendo diversas entidades da Proteção Civil, o agrupamento local de centros de saúde e meios da própria autarquia, se concluirá com "um balanço muito positivo".

"O processo em Espinho esteve sempre mais avançado, inclusivamente com taxas de vacinação acima da média nacional, e a grande vantagem do dispositivo foi permitir que a população local pudesse ser vacinada no seu próprio concelho, sem necessidade de se deslocar aos municípios limítrofes", declara.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+