Tempo
|
A+ / A-

Advogado de Luís Filipe Vieira demitiu-se do Conselho Superior do Ministério Público

08 set, 2021 - 21:24 • Redação

Juntamente com Magalhães e Silva demitiram-se outros dois vogais do organismo. Em causa está a chamada de atenção do Conselho na sequência das declarações do advogado de Vieira sobre a operação que levou à detenção do ex-presidente do Benfica.

A+ / A-

Demitiram-se três membros do Conselho Superior do Ministério Público.

Segundo a RTP, um dos demissionários é o advogado de Luis Filipe Vieira na operação Cartão Vermelho, Magalhães e Silva.

Em causa as declarações do advogado de Vieira sobre a operação que levou à detenção do ex-presidente do Benfica.

Declarações que suscitaram críticas do Conselho do Superior do Ministério Público que lembra que os vogais estão sujeitos ao dever de reserva, não se podendo pronunciar sobre os processos, mesmo quando não são procuradores.

Ora, em protesto, os três vogais apresentaram a demissão: além de Magalhães e Silva, eleito pelo parlamento, saíram, também, os dois vogais nomeados pelo governo, Maria João Antunes e Arala Chaves.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Americo Anastacio
    08 set, 2021 Leiria 20:49
    Só agora ? Já aqui tinha comentado a falta de vergonha deste sr.. Vale tudo.

Destaques V+