Tempo
|
A+ / A-

Publicada lista de colocação de professores

13 ago, 2021 - 12:41 • Redação

Mais de 13 mil professores conseguiram mudar de escola enquanto cerca de 6.500 foram colocados em estabelecimentos de ensino através da contratação inicial.

A+ / A-

O Ministério da Educação anunciou esta sexta-feira a publicação da lista de colocação de professores, quando falta um mês para o início do ano letivo.

Mais de 13 mil professores conseguiram mudar de escola enquanto cerca de 6.500 foram colocados em estabelecimentos de ensino através da contratação inicial.

A lista pode ser consultada pelos docentes no site da Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE).

"Nunca tendo acontecido de forma tão antecipada, o Ministério da Educação publicou, a mais de um mês do arranque do ano letivo, as listas de colocação de professores", avança a tutela, em comunicado.

O Ministério da Educação assinala que, apesar do ano letivo se ter prolongado pela redefinição do calendário escolar, "foi possível os docentes conhecerem mais cedo as suas colocações e terem mais tempo para se preparar para o início das aulas e aos Agrupamentos de Escolas/Escolas Não Agrupadas disporem de mais tempo para organizar o arranque do ano letivo".


As listas divulgadas esta sexta-feira "referem-se à mobilidade interna relativa a docentes do quadro (QA/QE e QZP1 ) e à contratação inicial para os docentes contratados".

Os docentes colocados na mobilidade interna e na contratação inicial "têm de aceitar a colocação na aplicação eletrónica disponível no Sistema Interativo de Gestão de Recursos Humanos da Educação (SIGRHE), no prazo de 48 horas, correspondentes a dois dias úteis, e de se apresentar nos AE/ENA de colocação, no prazo de 72 horas".

Os professores que não o possam fazer presencialmente por motivo de férias, maternidade, doença ou outro motivo previsto na lei, "podem comunicar esse facto ao AE/ENA, por si ou por interposta pessoa, mediante apresentação, no prazo de cinco dias úteis, do respetivo documento comprovativo", explica o Ministério da Educação.

De acordo com o gabinete do ministro Tiago Brandão Rodrigues, foram "colocados em mobilidade interna cerca de 13.500 docentes do quadro (QA/QE e QZP) tendo ficado aproximadamente 400 desses docentes a aguardar colocação nas Reservas de Recrutamento que ocorrerão a seguir à fase agora concluída".

No concurso externo, vincularam 2.424 docentes à carreira docente e no concurso de contratação inicial foram colocados mais de 6.500 docentes contratados.

O Ministério da Educação sublinha que, nos últimos seis anos, "vincularam aos quadros do Ministério da Educação aproximadamente 11 mil professores".


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+