Tempo
|
A+ / A-

Vários cães morrem abandonados em hotel canino em Mafra

06 ago, 2021 - 18:41 • Lusa

A proprietária do espaço esteve desaparecida, tendo sido posteriormente encontrada na sua viatura, em estado frágil pela GNR.

A+ / A-

Onze cães foram encontrados mortos num hotel canino, em Mafra, onde terão ficado abandonados vários dias na sequência do desaparecimento da proprietária do espaço, encontrada dias depois pela GNR.

O alerta para o desaparecimento de proprietária do hotel canino Bosque dos Pimpões foi dado na quinta-feira, mas, de acordo com o comandante da GNR de Torres Vedras, capitão Póvoa, "os animais poderiam já ter sido abandonados há mais dias, sendo que onze já se encontravam mortos e vários outros visivelmente famintos e debilitados".

Segundo o mesmo responsável, entre os cães que se encontravam vivos "dois foram devolvidos aos proprietários e outros dois entregues ao Canil Municipal de Mafra".

Os animais foram encontrados pelos militares quando se dirigiram à propriedade para averiguar o desaparecimento da mulher, que "acabou por ser encontrada no domingo, dentro de uma viatura e em estado muito debilitado", explicou o comandante à Lusa.

A mulher "foi transportada ao hospital" e posteriormente "entregue ao cuidado de familiares, uma vez que a residência não reunia condições de habitabilidade e de higiene, após a remoção dos cadáveres dos animais".

A situação foi também denunciada pela Associação de Defesa e Proteção dos Animais - Adoromimos, que na rede social Facebook publicou um esclarecimento sobre o espaço que alegadamente funcionava também como local de abrigo para cães recolhidos das ruas, enquanto aguardavam adoção.

A Adoromimos informa ter tido conhecimento de que "na passada quinta-feira, dia 29 de julho, a responsável do hotel Bosque dos Pimpões abandonou o espaço, sendo que no local ficaram vários animais".

A associação garante não ser "conivente com esta situação" e que tudo fará "para que seja feita justiça em nome dos animais que desapareceram".

O caso já foi reportado ao Ministério Público.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+