Tempo
|
A+ / A-

Aumento de temperatura no fim de semana eleva o estado de alerta especial para incêndios rurais

09 jul, 2021 - 17:06 • Lusa

O estado de alerta vai manter-se até segunda-feira nos distritos de Bragança, Guarda, Castelo Branco, Santarém, Évora, Setúbal, Beja, Faro e Portalegre.

A+ / A-

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) lançou, esta sexta-feira (9), um aviso à população devido à subida das temperaturas e aumento de risco de incêndio para os próximos dias.

A ANEPC elevou o estado de alerta especial para incêndios rurais para nível amarelo em nove distritos, tendo em conta as previsões meteorológicas para os próximos dias.

Segundo o comandante da ANEPC, o estado de alerta vai manter-se até segunda-feira nos distritos de Bragança, Guarda, Castelo Branco, Santarém, Évora, Setúbal, Beja, Faro e Portalegre.

A previsão de tempo quente e seco para as regiões do Algarve, Alentejo, interior centro e, posteriormente, para o interior norte, é a razão do aviso divulgado pela proteção civil, que recorda algumas das medidas preventivas que devem ser tomadas.

Desde o passado dia 01 de julho e até ao final de setembro é proibido fazer queimadas extensivas assim como queima de amontoados sem autorização, diz a ANEPC, em comunicado enviado para as redações.

No espaço rural só se pode usar fogareiros e grelhadores "fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados, para o efeito", acrescenta.

No mesmo sentido, é proibido fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais, assim como está impedido o lançamento de balões de mecha acesa e foguetes.

Já o uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da câmara municipal.

Nos dias de risco máximo está ainda proibido o uso de corta-matos, destroçadores e motorroçadoras, com exceção das que possuírem fio de nylon,.

Segundo o IPMA, as regiões onde se irá sentir mais a subida da temperatura máxima são o Alentejo, Algarve e o interior Centro, estendendo-se ao interior norte.

Já o tempo seco será uma constante na generalidade do território, "sem recuperação noturna". Além destes dois fatores, espera-se também "vento intenso nas terras altas".

Ainda de acordo com o IPMA, haverá condições meteorológicas propícias a incêndios, em especial nas regiões do Alentejo e Algarve.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+