Tempo
|
A+ / A-

Pandemia

Disponível a 'app' de leitura do certificado digital em telemóveis

06 jul, 2021 - 20:57 • Lusa

Ministério da Saúde esclarece que "a aplicação móvel de leitura do Certificado Digital UE 'Passe Covid' já está disponível para descarregamento nas lojas de aplicações móveis da Google, da Apple e da Huawei".

A+ / A-

Veja também:


A aplicação que permite a leitura do certificado digital em vigor na União Europeia (UE) já pode ser descarregada nos telemóveis, permitindo uma validação mais rápida do documento, anunciou esta terça-feira o Ministério da Saúde.

“A aplicação móvel de leitura do Certificado Digital UE 'Passe Covid' já está disponível para descarregamento nas lojas de aplicações móveis (app stores) da Google, da Apple e da Huawei”, adiantou o ministério em comunicado.

Segundo a mesma fonte, esta aplicação vai permitir que as entidades que precisem de validar os certificados digitais Covid da UE, que entraram em vigor a 1 de julho, possam “fazê-lo de forma digital e mais rápida”.

Desenvolvida pela Imprensa Nacional Casa da Moeda, a aplicação pode ser “descarregada e utilizada por todos”, caso das transportadoras aéreas e dos organizadores de eventos culturais, corporativos, desportivos e familiares, como casamentos e batizados, avançou o ministério de Marta Temido.

Na prática, ao apontar a câmara do telemóvel para o código QR do certificado digital, a aplicação procede à sua leitura de forma automática, apresentando um sinal verde, que significa que o certificado foi validado com sucesso, ou vermelho, para os casos em que o certificado não é válido, explicou o ministério.

“Para efeitos de verificação, apenas são inspecionadas a validade e a autenticidade do certificado, verificando quem o emitiu e assinou, além da aplicação das regras emitidas pela DGS. Durante o processo, apenas serão visualizados o nome, data de nascimento e informação sobre a verificação de validade do mesmo. Nenhum dado pessoal é armazenado pela aplicação”, garantiu ainda a mesma fonte.

Estes certificados começaram a ser emitidos em Portugal em 16 de junho e permitem comprovar de que o seu portador foi vacinado contra a Covid-19, efetuou um teste com resultado negativo ou já recuperou da doença.

Na sequência do acordo dos Estados-membros para facilitar a livre circulação dos cidadãos na UE de forma segura durante a pandemia, o documento, em Portugal, poderá ter outras funcionalidades, já que o Governo adiantou que pode ser utilizado em “matéria de tráfego aéreo e marítimo, de circulação em território nacional e de acesso a eventos de natureza cultural, desportiva, corporativa ou familiar”.

O ministério adiantou ainda que a aplicação SNS 24, que permite a emissão e apresentação do Certificado Digital da UE em formato eletrónico, já está disponível nas `app stores´ da Google e, em breve, da Apple, permitindo que cada cidadão possa obter, consultar e armazenar o seu certificado digital.

Desenvolvida pela Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, esta aplicação móvel SNS 24 vem substituir a app MySNS Carteira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+