Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. Ministério da Agricultura abre apoio de 11 milhões de euros para agricultores e empresas

01 jun, 2021 - 20:25 • Lusa

Apoio é destinado para "assegurar o bom funcionamento da atividade agrícola e responde aos problemas de liquidez e fluxos de tesouraria identificados pelo setor”.

A+ / A-

O Ministério da Agricultura anunciou o lançamento de um apoio a agricultores e pequenas e médias empresas (PME) afetados pela pandemia, no valor de 11,1 milhões de euros, segundo um comunicado.

De acordo com a tutela, “encontram-se abertas as candidaturas à medida excecional e temporária (2.ª fase) para os agricultores e Pequenas e Médias Empresas (PME) afetados pela pandemia da covid-19, com uma dotação orçamental global de 11,1 milhões de euros”.

O Ministério detalha que as candidaturas decorrem até 18 de junho e que a dotação é repartida por vários setores de produção.

Assim, para o segmento das aves estão destinados 1,8 milhões de euros, para a produção de leite de pequenos ruminantes irá 1 milhão de euros, para o setor da carne de suíno, no que respeita à produção de porcos de engorda das raças Bísara, Malhado de Alcobaça e Alentejano serão alocados 400 mil euros e o vinho certificado contará com 7,9 milhões de euros.

As candidaturas deverão ser submetidas ao Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, segundo o comunicado.

Na mesma nota, a ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, explicou que “este é um apoio destinado a assegurar o bom funcionamento da atividade agrícola e responde aos problemas de liquidez e fluxos de tesouraria identificados pelo setor”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+