Tempo
|
A+ / A-

Suspeito de deixar morrer sete cães em Loures entrega-se à GNR

29 mai, 2021 - 14:57 • Redação

De acordo com a direcção do IRA - Intervenção e Resgate Animal - um indivíduo terá abandonado os animais sem água nem comida.

A+ / A-

O suspeito de deixar morrer sete cães numa moradia em Bucelas, no concelho de Loures entregou-se à GNR, na sexta-feira.

Os animais foram encontrados na quinta-feira pelo IRA - Intervenção e Resgate Animal - na sequência de uma denúncia nas redes sociais. Dos oito cães abandonados, apenas um cão estava vivo.

Fonte oficial da GNR confirma à Renascença que o homem se entregou ontem, no posto de Bucelas e foi constituído arguido por crime contra animais de companhia.

De acordo com a direcção do IRA, o suspeito terá abandonado os animais sem água nem comida. Os cães terão sido encontrados dentro de arcas congeladoras e de armários de uma moradia.

De acordo com o decreto-lei n.º48/95, “quem, sem motivo legítimo, infligir dor, sofrimento ou quaisquer outros maus tratos físicos a um animal de companhia é punido com pena de prisão até um ano ou com pena de multa até 120 dias.”

A pena é agravada em caso de “morte do animal, a privação de importante órgão ou membro ou a afectação grave e permanente da sua capacidade de locomoção, o agente é punido com pena de prisão até dois anos ou com pena de multa até 240 dias.”

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+