Siga-nos no Whatsapp
A+ / A-

Balanço DGS

Mais quatro mortos e o menor número de novos casos de Covid-19 desde 25 de agosto

04 abr, 2021 - 14:00 • Marta Grosso , Inês Rocha

São dados das últimas 24 horas. Há mais 349 pessoas dadas como recuperadas da doença, mas o número de internados mantém-se acima dos 500.

A+ / A-

Veja também:


Portugal conta, neste domingo, mais 193 casos de infeção pelo novo coronavírus e quatro mortes associadas à Covid-19, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS).

A região de Lisboa e Vale do Tejo continua a liderar a lista de mais casos e óbitos, com mais 111 infeções e três mortes com o vírus SARS-Cov-2.

Tal como no sábado, além da região LVT, só o Norte regista vítimas mortais – mais uma. Contam-se também mais 30 novos casos na região.

Em mais nenhuma região ou ilha foram registadas mortes de pessoas com Covid-19. Nos Açores, aliás, nem houve registo de qualquer caso nas últimas 24 horas.

Nas restantes regiões, o Centro registou mais 19 casos, a Madeira 14, o Alentejo 11 e o Algarve 8.


Evolução do número diário de casos


Em termos percentuais, LVT apresenta 57,5% do total de novos casos, o Norte 15,5% e o Centro 9,8%.

Ainda assim, Portugal regista, neste domingo, o menor número de novas infeções desde o dia 25 de agosto de 2020.

No que toca ao número de internados, o total continua acima dos 500 e com mais cinco doentes neste domingo. Há, contudo, menos nove nas unidades de cuidados intensivos (que agora totalizam 117).


Evolução do número de internados


No que diz respeito à matriz de risco, o boletim deste domingo indica que a incidência da Covid-19, ao nível nacional, está em 65,6 casos de infeção por 100.000 habitantes e, apenas no continente, em 62,9 casos/100.000 habitantes.

No que toca ao “R”, está nos 0,97 em termos nacionais e nos 0,97 quando se exclui os arquipélagos da Madeira e dos Açores.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+