Tempo
|
A+ / A-

Câmara de Caminha alerta para SMS e chamadas falsas a convocar para vacinação

03 abr, 2021 - 13:16 • Manuela Pires com Lusa

Pelo menos 10 pessoas receberam convocatórias falsas. Três idosos receberam telefonemas dizendo para parar com a medicação pois só assim receberiam a vacina. Presidente da Câmara de Caminha diz que o caso já está a ser investigado.

A+ / A-

Veja também:


O presidente da Câmara Municipal de Caminha alertou neste sábado para as SMS falsas que estão a convocar a população para a vacinação contra a Covid 19.

Na última semana, pelo menos 10 pessoas receberam SMS falsas para comparecerem no centro de vacinação comunitário criado pelo município, na freguesia de Seixas. Três idosos com mais de 80 anos receberam telefonemas dizendo para pararem com a medicação porque só assim receberiam a vacina.

Em declarações à Renascença, o autarca Miguel Alves, que foi alertado pela Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), diz que o caso está já a ser investigado pelas autoridades.

"O que chama à atenção aqui é que isto só está a acontecer em Caminha. Em todo o distrito, está a acontecer apenas aqui. Alguma coisa de muito estranho se está a passar. Foi feita queixa-crime junto da GNR, que está a investigar este caso".

O presidente da Câmara pede aos responsáveis que parem "a brincadeira de mau gosto".

"Se algum tolo anda aí com brincadeiras de mau gosto ou pior, se alguém mal intencionado quer descredibilizar este processo de vacinação que envolve tantos profissionais de saúde e a boa vontade de todos os que se mobilizam para servia a população, então que pare de uma vez", pede o autarca.

Miguel Alves apela por isso à população do concelho para estar alerta.

"Se receberem um SMS a convocá-los para serem vacinados, é seguramente falso. O contacto de vacinação é feito apenas por chamada telefónica. Se em algum momento recebem um telefonema a dizer para pararem de tomar medicação, é redondamente falso e é perigoso para a saúde das pessoas. As pessoas podem tomar a medicação que têm de tomar, que não influencia em nada a vacinação contra a Covid", lembra.

"Cuidado com as mensagens falsas, cuidado com telefonemas falsos", alerta o presidente da Câmara.

Contactado pela Lusa, o capitão Pedro Costa, do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, confirmou ter sido apresentada "uma denúncia pelas autoridades de saúde, reportando as mensagens e os telefonemas falsos".

"A denúncia foi remetida para o Ministério Público (MP). Estamos a aguardar que seja delegada em alguma força de segurança a sua investigação. Essa investigação poderá ser delegada na GNR, ou na Polícia Judiciária", acrescentou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+