Tempo
|
A+ / A-

Pandemia

Covid-19. Governo anuncia testes em todas as escolas e creches do país

10 mar, 2021 - 21:25 • André Rodrigues , Pedro Filipe Silva

A medida vai ser aplicada em estabelecimentos públicos e privados, “seguindo as orientações da DGS e a orientação conjunta sobre o programa de rastreios laboratoriais para SARS-CoV-2". Colégios privados saúdam decisão que "traz calma às comunidades educativas" e vem repor justiça e equilíbrio.

A+ / A-

Veja também:


O Governo anunciou esta quarta-feira a realização generalizada de testes rápidos à Covid-19 em escolas e creches de todo o país.

De acordo com um comunicado conjunto dos ministérios da Segurança Social e da Educação, será implementado um “processo de testagem em todos os estabelecimentos de ensino e respostas sociais de apoio à infância”, incluindo as do setor privado e cooperativo.

A medida vai ser aplicada “seguindo as orientações da DGS e a orientação conjunta sobre o programa de rastreios laboratoriais para SARS-CoV-2 nas creches e estabelecimentos de educação e ensino - e na sequência da autorização de despesa, aprovada em Conselho de Ministros no último domingo, para a realização de testes à Covid-19 a alunos e pessoal docente e não docente”, acrescenta a nota.

O comunicado sublinha, por outro lado, que esta operação vai envolver “diferentes entidades” o que permitirá “realizar um elevado número de testes”.

O processo de testagem nas escolas arrancou em finais de janeiro e já possibilitou a realização de mais de 64 mil testes, “apesar da transição para o ensino à distância causado pela evolução da pandemia”, conclui o comunicado.

Colégios "preparadíssimos para iniciar o processo"

Em declarações à Renascença, o diretor executivo da Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (AEEP), Rodrigo Queiroz e Melo, considera que esta decisão do Governo "vem trazer outra calma às comunidades educativas e vem repor uma situação que nos parece justa e equilibrada".

"Congratulamo-nos com o resultado e estamos preparadíssimos para iniciar o processo com uma logística complexa que, com a ajuda da administração educativa, havemos de levar a bom porto", acrescenta.

O responsável da AEEP adianta, ainda, que esta quinta-feira serão adiantados detalhes adicionais sobre o processo.

Para já, diz Rodrigo Queiroz e Melo, está a decorrer o "processo de levantamento da população abrangida, o que já começou hoje [quarta-feira] durante a tarde. Já começámos a enviar as listas dos professores e dos alunos e, a seguir começará, a preparação logística sobre a qual ainda não temos grandes dados neste momento".

[notícia atualizada às 23h58]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Olho Vivo
    11 mar, 2021 Controle 10:09
    "Anunciar", não quer dizer "fazer". Normalmente vão-se repetindo as promessas sem as concretizar, até finalmente se fazer. Assim, a mesma atividade deu para ser "prometida várias vezes" ...

Destaques V+