Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

​Covid-19: Marta Temido admite alargar critérios de testagem

08 fev, 2021 - 15:44 • Redação

A ministra da Saúde, que falava após um encontro com a “task force” responsável pelo plano de vacinação, explica que está em curso uma avaliação técnica à alteração desses critérios.

A+ / A-

Veja também:


A ministra da Saúde, Marta Temido, abre a porta ao alargamento dos critérios para a realização de testes covid-19.

“Estamos a trabalhar com a Direção-Geral da Saúde - espero que brevemente tenhamos resultados - num alargamento daquilo que é o critério para a realização do critério de contactos”, disse esta segunda-feira Marta Temido.

A governante, que falava após um encontro com a “task force” responsável pelo plano de vacinação, explica que está em curso uma avaliação técnica à alteração desses critérios.

“Neste momento, os testes são sobretudo preconizados para os contactos de alto risco e aquilo que pedimos que fosse avaliado tecnicamente era a possibilidade de o teste ser mais abrangente independentemente do risco do contacto”, referiu Marta Temido.

A ministra da Saúde adiantou que ainda esta segunda-feira “podemos ter dados mais consolidados” sobre esta questão.

Portugal realizou em janeiro o maior número de testes desde o início da pandemia. Marta Temido garante que, apesar dos casos de Covid-19 estarem em queda, “não podemos deixar cair o número de testes”.

A ministra anunciou que Portugal recebeu esta segunda-feira 87.750 doses da vacina contra a covid-19 da BioNTech/Pfizer, estando prevista a entrega ainda esta semana de 22.800 doses da vacina da Moderna.

“Hoje foi também recebida uma nova entrega de vacina da BioNTech/Pfizer, uma quantidade 87.750 doses, e, para esta semana, no calendário de entregas, está ainda prevista uma outra entrega, no final da semana, da vacina Moderna, com uma encomenda de 22.800 doses”, afirmou Marta Temido.

Portugal regista esta segunda-feira mais 196 mortes e 2.505 casos de Covid-19, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). É o número mais baixo de óbitos desde 18 de janeiro e de infeções desde dia 3 do mês passado.

Covid-19 por regiões

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+