Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Coronavírus

Vacinação. Governo prevê concluir primeira toma em todos os lares no final da próxima semana

18 jan, 2021 - 18:02 • Filipe d'Avillez

António Costa anunciou esta segunda-feira que foi possível reforçar o programa da vacinação em Portugal

A+ / A-

Veja também:


O Governo espera concluir a administração da primeira toma da vacina contra a Covid até ao final da próxima semana em todos os lares em Portugal.

António Costa anunciou esta segunda-feira, em conferência de imprensa, que devido a novas informações disponibilizadas pela Pfeizer e pela Agência Europeia do Medicamento "estamos em condições de melhor stock de vacinas e acelerar processo de vacinação nos lares".

Assim, até ao final da próxima semana o Governo conta ter concluído esta fase da vacinação nos lares, excetuando aqueles que têm surtos ativos, onde tal não será possível.

O anúncio do primeiro-ministro foi uma das poucas notas positivas numa conferência de imprensa em que anunciou o agravamento de várias das medidas restritivas do confinamento, tendo em conta o aumento de casos e de óbitos que se têm verificado nos últimos dias em Portugal.

As primeiras restrições desta nova fase de confinamento foram anunciadas há apenas cinco dias, mas depois de um fim-de-semana em que houve relatos de vários casos de abuso das exceções que existiam para esse confinamento e com os hospitais a atingir pontos de saturação, o Governo optou por reforçar estas restrições.

Portugal bateu esta segunda-feira o recorde de óbitos por coronavírus num só dia, com 167 mortos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+