Tempo
|
A+ / A-

Pandemia de Covid-19

Centro Hospitalar de Coimbra muito perto de atingir o limite de capacidade

18 jan, 2021 - 18:02 • Lusa

Os hospitais da região Centro estão praticamente no limite por causa do combate à pandemia da Covid-19, mas a situação mais crítica verifica-se no Centro Hospitalar Tondela-Viseu

A+ / A-

Veja também:


O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) está prestes a atingir a lotação de camas em enfermaria e unidade de cuidados intensivos para doentes Covid-19, disse esta segunda-feira fonte daquela unidade de saúde.

Fonte do CHUC informou que, à data de hoje, estavam 294 doentes internados em enfermaria, para uma lotação de 305 camas, e 50 doentes críticos em Unidade de Cuidados Intensivos, para uma lotação de 55.

Os hospitais da região Centro estão praticamente no limite por causa do combate à pandemia da Covid-19, mas a situação mais crítica verifica-se no Centro Hospitalar Tondela-Viseu, em que as taxas de ocupação atingiram os 100%, disse hoje a Administração Regional de Saúde do Centro ARSC).

Fonte da ARSC disse à agência Lusa que foi por isso mesmo que se providenciou um hospital de campanha no Fontelo, em Viseu, para responder à situação.

A mesma fonte adiantou que está também a ser preparada a abertura do antigo Hospital Militar de Coimbra, entretanto reclassificado de Centro de Saúde, que tem capacidade para 36 camas, embora "não sejam abertas todas ao mesmo tempo".

Às 23:59 de domingo, os hospitais da região Centro contabilizavam 1.164 internados com Covid-19, dos quais 115 em unidades de cuidados intensivos.

De acordo com a ARSC, na mesma data registava-se uma taxa de ocupação de 93% em enfermarias para doentes Covid-19 e 89% em unidades de cuidados intensivos.

No domingo, registaram-se na região Centro 24 óbitos em ambiente hospitalar, 118 admissões de novos doentes, uma alta hospitalar em unidade de cuidados intensivos e 24 altas médicas de enfermarias com doentes Covid-19.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.031.048 mortos resultantes de mais de 94,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.028 pessoas dos 556.503 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+