Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Covid-19

Confinamento. Matosinhos alarga entrega gratuita de refeições a toda a semana

15 jan, 2021 - 18:40 • Lusa

Em novembro de 2020, no âmbito do recolher obrigatório aos fins de semana, esta autarquia do distrito do Porto passou a entregar gratuitamente refeições ao domicílio para “ajudar” os restaurantes do concelho.

A+ / A-

Veja também:


A Câmara de Matosinhos vai alargar a entrega gratuita de refeições em casa a todos os dias da semana, devido ao confinamento geral no país, prevendo gastar 45 mil euros nos próximos 15 dias, anunciou esta sexta-feira o município.

Em novembro de 2020, no âmbito do recolher obrigatório aos fins de semana, esta autarquia do distrito do Porto passou a entregar gratuitamente refeições ao domicílio para “ajudar” os restaurantes do concelho, alargando agora a sua abrangência.

No âmbito desta iniciativa Matosinhos.come, a câmara já entregou 4.500 refeições na casa das pessoas, num investimento de 43 mil euros, sublinhou, em comunicado.

As entregas passam a ser feitas de segunda-feira a domingo, ao almoço e jantar, sem custos para os clientes e restaurantes, sendo os mesmos assumidos pela autarquia.

A iniciativa abrange todo o concelho de Matosinhos, assim como 54 uniões de freguesias de Vila do Conde, Maia, Valongo, Gondomar, Porto e Vila Nova de Gaia, distrito do Porto.

O serviço é assegurado por 75 taxistas, no âmbito de um protocolo entre a câmara local e a cooperativa de táxis, recordou.

Para usufruir deste serviço, os clientes só têm de ligar para o restaurante que querem, fazer a encomenda e pagar a refeição.

A encomenda tem de ter um valor mínimo de cinco euros, sendo o pagamento feito diretamente ao restaurante através de meios digitais ou dinheiro.

Matosinhos tem cerca de 1.200 restaurantes que dão emprego a mais de 5.000 pessoas, sendo um “cartão de visita” e um setor com uma importância social e económica de “enorme relevância” para o concelho.

A pandemia de Covid-19 provocou pelo menos 1.994.833 mortos resultantes de mais de 93 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 8.543 pessoas dos 528.469 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.
A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+