Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. Plano de vacinação apresentado na quinta-feira

01 dez, 2020 - 15:18 • Redação com Lusa

Primeiro-ministro rejeita que Portugal esteja atrasado em relação a outros países.

A+ / A-

Veja também:


O plano nacional de vacinação contra a covid-19 vai ser apresentado na quinta-feira, anunciou hoje o primeiro-ministro, António Costa, que se reúne na véspera com a equipa que está a elaborar este documento.

O primeiro-ministro rejeitou, em entrevista à rádio Observador, que Portugal esteja atrasado em relação a outros países e considera que está “bem a tempo”.

À agência Lusa, o gabinete de António Costa adiantou que na véspera desta apresentação, na quarta-feira à tarde, o primeiro-ministro recebe na residência oficial, em Lisboa, a equipa que está a elaborar este plano.

Nesta reunião participam ainda, além da equipa coordenadora do plano, os ministros de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, da Saúde, Marta Temido, da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, assim como o secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, Tiago Antunes.

Já esta segunda-feira, a Comissão Europeia anunciou a assinatura do quinto contrato de compra de vacinas para a Covid-19.

“Assinamos hoje o nosso quinto contrato de vacinas com a CureVacRNA”, escreveu Ursula von der Leyen, assinalando que, com este passo, a União Europeia tem garantidas “quase dois mil milhões de doses da futura vacina”, escreveu no Twitter presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

A presidente da Comissão Europeia assinala ainda que “a Europa estará em condições de adquirir a vacina, depois de comprovada a eficácia, antes do final deste ano”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+