Tempo
|
A+ / A-

Pandemia de Covid-19

Santos Populares são para desfrutar “divertindo-se, mas não facilitando”

12 jun, 2020 - 13:23 • Marta Grosso

Diretora-geral da Saúde recorda as regras em vigor e que são para ser respeitadas durante este “período especial”.

A+ / A-

Veja também:


Até às 10h00 de dia 14 de junho, domingo, vão ser reforçadas as regras e orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS) em vigor, anunciou Graça Freitas nesta sexta-feira, na conferência de imprensa diária sobre a pandemia de Covid-19 em Portugal.

Devem, assim, ser observadas as “regras de ocupação, permanência, distanciamento físico e higiene nos serviços e comércio a retalho”, bem como “na restauração”, previstas na legislação em vigor, nas orientações da DGS “e, concretamente no que diz respeito a Lisboa”, no despacho da Câmara da cidade, que é bem claro”.

A diretora-geral da Saúde lembra que, na região de Lisboa e Vale do Tejo, “não são permitidas celebrações em número superior a 10, estando previstas medidas para aconselhar a não concentração de pessoas e para dispersar”, caso seja necessário.

Graça Freitas recorda que a ocupação de esplanadas é permitida no respeito das regras e que está interdita a instalação de novo mobiliário urbano.

Ainda em Lisboa, “as regras do despacho camarário são aplicáveis a todas as pessoas singulares ou coletivas que exerçam serviços comerciais, bem como às pessoas que usufruam desses serviços”.

Graça Freitas frisa ainda que também “noutros concelhos, outras disposições camarárias devem ser respeitadas”.

Na comunicação aos jornalistas, Graça Freitas lembrou que “estão encerradas as instalações e estabelecimento constantes do anexo da Resolução do Conselho de Ministros n.º 40 A/2020, de 29 de maio.

“Neste período especial, pretende-se que as pessoas desfrutem do gradual desconfinamento, desta nossa nova normalidade, em segurança e salvaguardando a sua saúde e a de todos, divertindo-se, mas não facilitando”, sublinhou.

“O nosso apelo é que passemos estes santos populares com a diversão possível, mas sem facilitar a transmissão do vírus. Temos de aprender a viver com esta situação, cumprir as regras que a cada momento estão em vigor”.

De acordo com o boletim epidemiológico desta sexta-feira, Portugal regista mais 270 casos confirmados de Covid-19 face a ontem, 91% dos quais na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+