Tempo
|
A+ / A-

TDT com mudança de frequências a partir desta semana. O que vai acontecer?

25 nov, 2019 - 09:29 • Redação

Todo o processo é gratuito. A primeira alteração à sintonia acontece quarta-feira, às 15h30, e vai abranger o concelho de Odivelas.

A+ / A-

A Televisão Digital Terreste (TDT) vai ter mudança de frequências a partir desta semana. Está agendada para as 15h30, desta quarta-feira, a alteração à sintonia no concelho de Odivelas.

O horário foi avançado à Renascença pelo presidente da ANCOM – Autoridade Nacional de Comunicações.

A alteração faz parte do projeto piloto para receção de 5G, prevista para 2020.

Por que é que é preciso mudar as frequências da TDT?

A TDT emite atualmente numa faixa de frequências (os 700 Megahertz) que vai ser usada para o 5G. Assim, como vão ser necessárias essas frequências actualmente ocupadas pela TDT, a solução é colocar as emissões televisivas noutra zona do chamado espectro radioeléctrico.

Também afeta quem tem serviços pagos?

Os consumidores que têm os serviços pagos de televisão, aquilo a que chamamos "televisão por cabo", não têm de fazer nada.

Portanto, esta alteração só se aplica à televisão digital terrestre, que atualmente dá acesso aos sete canais nacionais: RTP 1, 2 e 3, RTP Memória, SIC, TVI e Canal Parlamento e nas ilhas também a RTP Madeira e a RTP Açores.

As frequências atuais da TDT vão ser desligadas quando?

É um processo gradual que vai começar dia 27. O primeiro a ser desligado vai ser o emissor de Odivelas Centro, que vai passar do canal 56 para o 35. Isto abrange todo o concelho de Odivelas, as freguesias de Lumiar, Carnide, Santa Clara, em Lisboa; e Encosta do Sol, na Amadora. Vai abranger 135 mil residências e estabelecimentos comerciais.

Após este teste-piloto, a previsão é que as alterações dos restantes emissores comecem entre a terceira semana de janeiro e a primeira semana de fevereiro do próximo ano e estejam concluídas no final de junho. Isto para permitir que as comunicações 5G comecem em Portugal ainda antes do final de 2020.

E o processo de sintonizar é complicado?

Não, é uma operação automática, e em princípio basta usar o comando do televisor ou do descodificador para ir ao menu e escolher a opção para configurar a antena e procurar o canal.

Em caso de dúvidas e problemas?

Foi disponibilizado um número gratuito da ANACOM - 800 102 002 - que funciona das 9h00 às 22h00 para esclarecer sobre estas alterações na TDT. Mas caso seja necessário poderá ser agendada uma equipa técnica para ir à casa das pessoas.

Este processo de mudança de frequências tem algum custo?

Todo o processo é gratuito. Não existem custos para os consumidores. A própria ANACOM pede aos utilizadores da TDT para estarem atentos e denunciarem quaisquer tentativas de fraude, sob a forma de venda de equipamentos ou serviços de televisão paga com o argumento de que tal é necessário no processo de mudança de frequências da TDT.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+