Tempo
|
A+ / A-

​Reportagem da Renascença sobre refugiados recebe prémio internacional

14 jun, 2017 - 13:23

"Encalhados no Quintal da Europa" vence galardão que premeia "excelência jornalística” em trabalhos sobre as migrações no Mediterrâneo.

A+ / A-
Encalhados no Quintal da Europa
"Encalhados no Quintal da Europa". Veja um excerto vídeo do trabalho

A reportagem da RenascençaEncalhados no Quintal da Europa” venceu esta quarta-feira o prémio europeu "Migration Media Award", na sua primeira edição, com o primeiro lugar da categoria rádio.

A distinção, atribuída a 12 trabalhos jornalísticos de oito países, tem como objectivo premiar a “excelência jornalística” em reportagens sobre as migrações no Mediterrâneo. É uma iniciativa do Centro Internacional para as Políticas de Desenvolvimento das Migrações (ICMPD, na sigla original), que conta com o apoio de dois projectos financiados pela União Europeia: o Open Media Hub (OMH) e o EUROMED Migration IV (EMM4, na sigla original). Participam ainda na organização o Gabinete Europeu de Apoio ao Asilo (EASO) e o MInistério dos Negócios Estrangeiros de Malta.


Veja a grande reportagem


O trabalho é assinado pela jornalista Catarina Santos, enviada à Grécia em 2016 para reportar a situação de migrantes e refugiados retidos na ilha de Lesbos e em Antenas, depois da entrada em vigor do acordo da União Europeia com a Turquia, que determinava a deportação de migrantes.

Conta ainda com o trabalho gráfico e de pós-produção de Rodrigo Machado, coordenação de Maria João Cunha e Pedro Rios, desenvolvimento de Tânia Barreira e produção web de Luís Alves.

O prémio europeu, entregue esta tarde em La Valetta (com transmissão em directo aqui), apoia o desenvolvimento da história contada no primeiro trabalho, financiando uma nova reportagem sobre o tema.

"Este tipo de reportagem tem grande valor para a causa do jornalismo de interesse público. Derrama uma luz poderosa sobre os desafios humanitários e políticos da recente 'crise migratória'. Os autores levantam questões que não podem ser ignoradas e desafiam aqueles que se apresentam com respostas fáceis", diz Adan White, membro do júri e da Ethical Journalism Network.

"A rádio apela à nossa imaginação". Reportagem da Renascença premiada
"A rádio apela à nossa imaginação". Reportagem da Renascença premiada

O júri internacional, composto por jornalistas séniores, elegeu a reportagem da Renascença entre 120 candidaturas internacionais, em quatro categorias, de trabalhos publicados em países como o Egipto, Itália, Argélia, Reino Unido, França, Marrocos ou Alemanha. Foram ainda distinguidos outros 23 trabalhos com segundos e terceiros lugares, para cada uma das categorias (rádio, texto, vídeo e online) e línguas (Inglês, Francês e Árabe).

Entre os premiados com um terceiro lugar, na categoria vídeo, está outro trabalho português: a reportagem da RTP "Ai, Mouraria", assinada por Mafalda Gameiro. A lista de trabalhos distinguidos pode ser consultada aqui.

Publicado originalmente em Maio de 2016, "Encalhados no Quintal da Europa" conta histórias de gente assombrada pela hipótese de deportação. Este trabalho já tinha sido distinguido com um Prémio Obciber, em 2016, na categoria Reportagem Multimédia.

A reportagem volta a ser transmitida na antena da Renascença esta sexta-feira, entre as 11h e as 12h.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+