Tempo
|
A+ / A-

Fogo destrói uma casa e faz 12 desalojados em São Pedro do Sul

13 ago, 2016 - 15:11

Maioria dos bombeiros que desde terça-feira combatem as chamas são voluntários e estão exaustos.

A+ / A-

Os incêndios em São Pedro do Sul, no distrito de Viseu, obrigaram mais de uma dezena de pessoas a abandonar as suas casas este sábado e destruíram pelo menos uma habitação.

"A população está muito aflita, mas neste momento é ainda muito difícil fazer um balanço. Sabemos que há pelo menos uma casa ardida e que entre 12 a 15 pessoas foram deslocadas das suas casas", disse o presidente da Câmara Municipal de S. Pedro do Sul, Vítor Figueiredo, à agência Lusa.

Às 13h00, havia quatro situações de incêndio: um fogo principal na freguesia de São Martinho das Moitas e outros três em Manhouce, na Pena de São Macário e Lorim.

"Estes fogos vieram todos do de Arouca", explicou o autarca, que ao início da madrugada se queixou da falta de meios para combater as chamas.

Durante a manhã, houve um reforço de meios aéreos, o que permitiu acalmar a população de Tusmil, "que esteve em risco de ficar isolada", sublinhou.

A situação meteorológica melhorou, não havendo "nem muito vento nem muito calor".

A maioria dos bombeiros que, desde terça-feira, combatiam as chamas eram voluntários e já estavam exaustos, mas hoje houve também um reforço de equipas.

Ao início desta tarde, o incêndio que lavra em Arouca é o que mais preocupa. No terreno estão mais de 500 homens, apoiados por seis meios aéreos. O incêndio de Ponte de Lima está já em resolução.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+