Siga-nos no Whatsapp
A+ / A-

Eleições em França

"Cautela". Macron não reage e espera para saber quem terá maioria para governar

07 jul, 2024 - 20:15 • André Rodrigues

A reação do Presidente francês surgiu através de fonte do Palácio do Eliseu: "a questão é quem vai governar a partir de agora e alcançar a maioria".

A+ / A-

Emmanuel Macron pede “cautela” perante os resultados da segunda volta das eleições legislativas francesas.

É a posição expressa pelo Palácio do Eliseu que, ao início da noite deste domingo, informou que o Presidente francês não vai reagir, por agora, às eleições para a Assembleia Nacional francesa, que colocaram o bloco presidencial Ensemble entre a Nova Frente Popular, que venceu as eleições, e a União Nacional que, uma semana após a primeira volta, passou de primeira a terceira força política, sendo a grande derrotada da segunda volta.

Fonte do staff presidencial francês, citada pelo jornal Le Figaro, refere que Macron quer “saber quem pode ser responsável pela formação de governo e congratula-se com o facto de o bloco central estar muito vivo depois de sete anos no poder”.

Prudência e análise dos resultados: a questão é quem vai governar a partir de agora e alcançar a maioria”, sublinha fonte do Eliseu.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+