Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Conflito Israel-Hamas. Uma guerra de extremos

07 nov, 2023 - 07:00 • João Carlos Malta , Miguel Marques Ribeiro Rodrigo Machado (ilustração), Salomé Esteves (infografia)

As redes sociais, as ruas e os espaços de debate foram invadidas nas últimas semanas por posições antagónicas sobre a guerra Israel-Hamas. Mas será que é obrigatório escolher um lado neste conflito? A Renascença foi ouvir um conjunto de especialistas sobre o tema, numa altura em que passa um mês desde o reacendimento dos confrontos.

A+ / A-
Conflito Israel-Hamas. Uma guerra de extremos
Conflito Israel-Hamas. Uma guerra de extremos

Os ataques lançados a 7 de outubro pelo Hamas no sul e leste de Israel puseram, mais uma vez, o Médio Oriente a ferro a fogo.

A guerra tem raízes profundas que envolvem fatores culturais, históricos e religiosos e suscita reações inflamadas que a violência da resposta israelita das últimas semanas veio agudizar.

Paralelamente ao teatro de operações, um outro campo de batalha tem crescido desenfreadamente no espaço público. Nas redes sociais, em manifestações de rua e espaços de debate nos media, os dois lados arregimentam-se nos seus argumentos simultaneamente válidos de um certo ponto de vista irredutível e incompatíveis com o seu contrário.

Pelo meio, a invasão iminente da Faixa de Gaza pelo exército israelita continua a provocar o sofrimento de milhares de pessoas, sobretudo mulheres e crianças, enquanto centenas esperam, em Israel, o regresso dos seus familiares sequestrados pelo Hamas.

Outra das vítimas desta guerra têm sido os jornalistas. Esta é a guerra mais mortal para o jornalismo neste século, tendo vitimado no primeiro mês 36 jornalistas.

Assim, é difícil ficar indiferente a este conflito que tomou de assalto a agenda informativa e relegou para segundo plano outros temas prementes, como a guerra da Ucrânia e as alterações climáticas.

Mas será que é possível manter uma posição equidistante, equilibrada, que mantenha abertas as vias do diálogo? A Renascença foi ouvir um conjunto de especialistas sobre tema, numa altura em que passa um mês desde o início do conflito.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+