A+ / A-

Guerra na Ucrânia

UE prepara 10.º pacote de sanções à Rússia

02 fev, 2023 - 13:44 • Lusa

As sanções existentes estão "a corroer" a economia da Rússia, defendeu a chefe da Comissão, e "está a fazê-la recuar uma geração", sublinhou von der Leyen.

A+ / A-

A União Europeia está a planear aplicar novas sanções à Rússia até ao aniversário da invasão de Moscovo à Ucrânia, revelou a chefe da Comissão Europeia, em visita a Kiev.

"Apresentaremos com os nossos parceiros do G7 um limite de preço adicional para os produtos petrolíferos russos e, até 24 de fevereiro - exatamente um ano desde o início da invasão - pretendemos ter o 10.º pacote de sanções em vigor", afirmou Ursula von der Leyen durante uma conferência de imprensa com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky.

As sanções existentes estão "a corroer" a economia da Rússia, defendeu a chefe da Comissão, e "está a fazê-la recuar uma geração", estimando que apenas o teto de preço do petróleo existente está a custar a Moscovo cerca de 160 milhões de euros por dia.

"E vamos levar a pressão ainda mais longe. Vamos introduzir, com os nossos parceiros do G7, um limite de preço adicional aos produtos petrolíferos da Rússia e, a 24 de fevereiro, exatamente um ano desde que a invasão começou, contamos implementar o décimo pacote de sanções", anunciou então.

Von der Leyen acrescentou que "a Rússia também terá de pagar pela destruição que está a causar, e terá de contribuir para a reconstrução da Ucrânia".

"Para tal, estamos a explorar com os nossos parceiros como usar os bens públicos da Rússia [congelados pela UE no quadro das sanções] em benefício da Ucrânia", disse.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+