Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Primeira-dama ucraniana na Web Summit. “Rússia põe tecnologia ao serviço do terror”

01 nov, 2022 - 20:18 • Cristina Nascimento

Presença de Olena Zelenska foi anunciada uma hora antes da abertura de portas da cimeira.

A+ / A-

Olena Zelenska, primeira-dama da Ucrânia, afirma que a "Rússia põe a tecnologia ao serviço do terror". A ideia foi deixada no palco central da Web Summit, que começou esta terça-feira no Altice Arena.

"Tecnologia deve ser usada para criar, salvar e ajudar as pessoas e não destruir", reforçou.

Olena assegurou que, no toca à tecnologia, o seu conhecimento é na ótica de utilizadora e por diversas vezes apelou à intervenção que quem a ouve pode fazer. "Vocês têm o poder para determinar a direção em que este mundo se move", disse.

Durante a sua intervenção, Zelenska contou histórias e mostrou fotografias de vítimas da guerra e denunciou que os terroristas russos estão a atacar centrais elétricas e escolas e voltou a insistir: "vocês podem ajudar-nos a impedir que a lista de vítimas deste terrorismo continue a aumentar".

Zelenska revelou ainda que fizeram um estudo que aponta para que "mais de dois terços dos ucranianos agora sofrem de ansiedade" e "quase metade das nossas famílias foram separadas".

"Nestes dias, muitos dos meus projetos estão focados em saúde mental, mas poucos projetos estão preparados para apoiar a saúde mental em contextos de constante terror. Tivemos de desenvolver programas de apoio à saúde mental do zero", acrescentou.

Zelenska traçou ainda o objetivo de querer "garantir que todos os médicos, polícias, bombeiros ou profissionais de call-center, qualquer pessoa que lide com pessoas, tenha capacidade de lidar com trauma psicológico. Queremos que apps de autoajuda estejam disponíveis em todos os smartphones da Ucrânia. Queremos que a tecnologia seja usada para salvar e não para ferir pessoas", continuou.

Com a intervenção de Olena, terminou a cerimónia de abertura da Web Summit. Ao contrário do habitual, a contagem decrescente não acaba com uma chuva de confettis.

A presença de Olena Zelenska só foi anunciada uma hora antes da abertura das portas do evento. No programa da cimeira, a Ucrânia já estava previsto ter destaque com uma conferência do vice-primeiro-ministro do país, marcada para quinta-feira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+