Tempo
|
A+ / A-

​Eleições no Brasil

Marcelo espera “espírito democrático” até ao fim do mandato de Bolsonaro

31 out, 2022 - 13:42 • Ricardo Vieira

Eleições brasileiras "foram claramente democráticas, foram claramente caracterizadas pela sua lisura e espírito cívico”, afirma o Presidente da República. Bolsonaro ainda não reconheceu a derrota para Lula da Silva.

A+ / A-

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, acredita que o “espírito democrático” vai continuar até ao final do mandato de Jair Bolsonaro e à tomada de posse de Lula da Silva como Presidente do Brasil.

Marcelo Rebelo de Sousa comentou esta segunda-feira a vitória de Lula da Silva na segunda volta das presidenciais brasileiras, que se realizaram no domingo.

“Quanto ao resultado das eleições brasileiras, as eleições foram claramente democráticas, foram claramente caracterizadas pela sua lisura e espírito cívico”, declarou Marcelo numa conferência de imprensa conjunta com o Presidente de Timor-Leste, Ramos Horta, que está de visita a Portugal.

Bolsonaro ainda não concedeu, mas Lula já celebra a "vitória da democracia"
Bolsonaro ainda não concedeu, mas Lula já celebra a "vitória da democracia"

“E não sou o primeiro a dizê-lo, vários chefes de Estado já o disseram nas mensagens que enviaram, e isso significa que a comunidade internacional tem a certeza de que a mesma lisura, o mesmo espírito democrático, que caracterizou o processo eleitoral até agora, irá caracterizar de forma natural e habitual o processo até ao fim, leia-se até à tomada de posse do Presidente eleito", sublinhou o chefe de Estado português.

Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores, venceu as eleições presidenciais no Brasil, com 50,9% dos votos, contra 49,1% do atual Presidente Jair Bolsonaro, do Partido da Liberdade.

A tomada de posse de Lula da Silva está marcada para janeiro de 2023.

Jair Bolsonaro ainda não falou sobre os resultados eleitorais nem reconheceu a derrota.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+