Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Indonésia. Pelo menos 32 crianças entre os 125 mortos no estádio

03 out, 2022 - 11:50

Foi aberta uma investigação oficial à tragédia de sábado que ocorreu em Malang. Estavam no estádio mais de 40 mil pessoas.

A+ / A-

O governo da Indonésia acaba de anunciar que há, pelo menos, 32 crianças entre as 125 pessoas que morreram no fim de semana, na sequência de uma debandada dentro de estádio de futebol sobrelotado onde estavam mais de 40 mil pessoas.

“Segundo os últimos dados, das 125 pessoas que morreram, 32 eram crianças, sendo que a mais nova tinha três ou quatro anos”, disse um funcionário do Ministério da Mulher e Proteção da Criança, citado pela agência de notícias AFP.

A polícia indonésia anunciou esta segunda-feira a abertura de uma investigação independente à tragédia, que também vai rever a atuação da polícia.

Segundo o porta-voz da polícia, 18 oficiais estavam responsáveis pelo uso de armas de gás lacrimogéneo, no estádio de futebol Kanjuruhan, na ilha de Java.

A tragédia, uma das piores da história do futebol, ocorreu no sábado à noite, quando cerca de 3.000 adeptos invadiram o campo após a derrota da equipa da casa, o Arema FC, frente aos rivais do Persebaya Surabaya, por 3-2.

A polícia usou gás lacrimogéneo para tentar controlar os adeptos em fúria, mas esta ação acabou por provocar o pânico, com milhares de pessoas a precipitarem-se para a saída, levando a que muitas das pessoas morressem no meio caos.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+