Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Tribunal suspende entrega de restos mortais de José Eduardo dos Santos

20 ago, 2022 - 09:13 • Redação

Justiça espanhola aceitou recurso da filha Tchizé dos Santos.

A+ / A-

O tribunal de Barcelona aceitou o recurso interposto pela filha Tchizé dos Santos, com o objetivo de impugnar a saída dos restos mortais do ex-Presidente de Angola de Espanha. O juiz decidiu ainda suspender a entrega do corpo de José Eduardo dos Santos à ex-mulher, Ana Paula dos Santos.

A notícia está a ser avançada pela CNN Portugal.

Até nova decisão do tribunal, o corpo não será libertado, ficando por decidir a data e local do funeral do ex-presidente angolano. Agora, as partes interessadas têm cinco dias para apresentar por escrito alegações.

A filha do antigo Presidente de Angola tinha ameaçado, na quinta-feira, recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, se a Justiça espanhola não recuasse na decisão sobre a entrega do cadáver à ex-mulher.

“Se a resposta [ao recurso hoje apresentado relativamente à decisão de atribuir a custódia do cadáver do antigo Presidente de Angola à sua ex-mulher] é entregar o corpo e autorizar a trasladação, obviamente que vou fazer queixa no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos porque está aqui um cidadão que quer levar o corpo para Angola e eu e outros cidadãos europeus corremos risco de vida se lá formos", argumentou Tchizé dos Santos.

José Eduardo dos Santos, que governou Angola de 1979 a 2017, morreu, em 8 de julho, com 79 anos, em Barcelona, onde passou a maior parte do tempo nos últimos cinco anos.

Duas fações da família dos Santos disputam na justiça quem ficará com a guarda do corpo: De um lado, está Tchizé dos Santos e os irmãos mais velhos, que se opõem à entrega dos restos mortais à ex-primeira-dama e são contra a realização de um funeral de Estado antes das eleições de 24 de agosto para evitar aproveitamentos políticos; do outro, está a viúva Ana Paula dos Santos e os seus três filhos em comum com José Eduardo dos Santos, que reivindicam também o corpo e querem que este seja enterrado em Angola nos próximos tempos.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+