Tempo
|
A+ / A-

Delegação de ministros vai pedir demissão de Boris Johnson

06 jul, 2022 - 17:21 • Ricardo Vieira

A posição de força acontece após 24 horas de sobressalto em Downing Street e uma onda de demissões no executivo.

A+ / A-

Uma delegação de ministros vai pedir ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, que apresente a demissão, avança a BBC.

A posição de força acontece após 24 horas de sobressalto em Downing Street e uma onda de demissões no executivo.

O primeiro-ministro britânico garantiu esta quarta-feira que não pretende apresentar a demissão apesar da debandada no seu Governo.

“O trabalho de um primeiro-ministro em circunstâncias difíceis, quando lhe foi atribuído um mandato colossal, é continuar e é isso que eu vou continuar a fazer”, declarou Boris Johnson, na Câmara dos Comuns.

A nova crise política foi desencadeada depois de Boris Johnson pedir desculpa por nomear o conservador Chris Pincher, apesar de saber que o deputado era suspeito de assédio sexual.

As primeiras demissões dos ministros das Finanças e da Saúde aconteceram logo na terça-feira. Na hora da saída, Rishi Sunak e Sajid Javid deixaram claro que perderam a confiança no primeiro-ministro.

Pelo menos 27 ministros, secretários de Estados e outros elementos do Governo já apresentaram a demissão desde ontem.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+