Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Preço do gás natural atinge recorde máximo desde início da guerra na Ucrânia

04 jul, 2022 - 13:06 • Lusa

Esta subida surge depois de a empresa estatal russa de gás Gazprom ter anunciado que o gasoduto Nord Stream I ficará inoperante durante 11 dias este mês.

A+ / A-

O preço do gás natural de referência na Europa ultrapassou hoje 159 euros por megawatt hora (MWh), um máximo desde 9 de março devido aos receios de um corte no fornecimento da Rússia através do gasoduto Nord Stream I.

Segundo dados da Bloomberg consultados pela Efe, às 11:00 em Lisboa o preço do gás natural TTF (Title Transfer Facility) para entrega em agosto no mercado holandês subiu hoje para 159,50 euros por MWh, mais 8,5% do que na sexta-feira e o valor mais alto desde 9 de março.

Esta subida surge depois de a empresa estatal russa de gás Gazprom ter confirmado na sexta-feira passada que o gasoduto Nord Stream I ficará inoperante durante 11 dias, de 11 a 21 deste mês, devido a reparações.

No dia anterior, o ministro alemão da Economia e Energia, Robert Habeck, anunciou que haveria um encerramento técnico das infraestruturas e manifestou a sua preocupação sobre a possibilidade de um "bloqueio" completo do gasoduto sob o pretexto de trabalhos de reparação.

Desde quarta-feira passada, um dia antes das declarações do ministro alemão, o preço do gás subiu 15,5%.

A subida vem juntar-se à que se verificou desde meados de junho, quando o preço voltou a ultrapassar a marca dos 100 euros devido a cortes no fluxo através do Nord Stream I provocados pela falta de material decorrente das sanções impostas contra a Rússia, como a empresa estatal Gazprom justificou na altura.

Desde então, os preços do gás subiram 64%.

Nesta altura no ano passado, o gás natural custava 35 euros por MWh, menos 78% do que atualmente.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+