Tempo
|
A+ / A-

Falhou tentativa para despertar do coma José Eduardo dos Santos

28 jun, 2022 - 19:55 • Ricardo Vieira

Situação do antigo Presidente de Angola poderá ser irreversível, indica o Jornal de Negócios.

A+ / A-

Falhou uma tentativa dos médicos para despertar do coma José Eduardo dos Santos, avançou esta terça-feira o Jornal de Negócios.

O antigo Presidente de Angola está em coma induzido, internado numa clínica em Barcelona, Espanha.

De acordo com o Jornal de Negócios, José Eduardo dos Santos não despertou, apesar da tentativa dos médicos, e o coma poderá ser irreversível.

O coração do antigo Presidente de Angola bate sem ajuda de qualquer máquina.

José Eduardo dos Santos, de 79 anos, está internado desde o dia 23 de junho.

O ministro das Relações Exteriores de Angola viaja quarta-feira de manhã para Barcelona para acompanhar o estado de saúde de José Eduardo dos Santos, cuja situação de saúde se deteriorou nas últimas horas, disse fonte oficial à Lusa.

"A situação clínica agravou-se e o senhor ministro foi enviado para Barcelona pelo Presidente" João Lourenço, que se encontra em Lisboa, para participar na Cimeira dos Oceanos, disse fonte oficial da diplomacia angolana.

"A situação está a ser acompanhada de perto por Angola ao mais alto nível", acrescentou a mesma fonte.

O ministro Téte Antonio estava também em Lisboa integrando a delegação angolana à cimeira das Nações Unidas e deverá chegar a Barcelona na manhã de quarta-feira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+