Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

16 mortos e 40 feridos em ataque russo contra shopping na Ucrânia

27 jun, 2022 - 16:01 • João Carlos Malta

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, criticou o ataque afirmando que o alvo não tem qualquer interesse estratégico para a Rússia.

A+ / A-

Um míssil russo atingiu um shopping na cidade de Kremenchuk, na região de Poltava, na Ucrânia. As imagens do local mostram o local completamente em chamas. O centro comercial, segundo o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, estava cheio com mais de mil pessoas.

O ataque provocou pelo menos 16 mortos e mais de 40 feridos. Os números foram avançados pelo governador da região, citado pela agência AFP.

Os bombeiros estão no local a tentar controlar as chamas e extinguir o fogo, e, segundo Zelenskiy, o número final de vítimas é ainda impossível de calcular.

O shopping "não representa nenhum perigo para o exército russo" e "nenhum valor estratégico" para os russos, segundo Zelenskiy.


"As pessoas só queriam viver uma vida normal, que é o que tanto irrita os ocupantes. (...) Rússia continua a atacar as pessoas comuns. É inútil esperar que sejam razoáveis ou humanos", afirma o presidente ucraniano.

O presidente da câmara da cidade já classificou este ataque como "outro crime de guerra russo, um crime contra a humanidade - um ato de terror aberto e cínico contra a população civil".

Não é a primeira vez que a cidade é atingida por mísseis - com um ataque registrado em abril e outro há 10 dias em uma refinaria de petróleo próxima, mas nada na escala do ataque desta segunda-feira.

Kremenchuk é uma das cidades industriais mais importante da Ucrânia e tem quase 218 mil habitantes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Antonio Soares
    27 jun, 2022 Açores 17:29
    Mais um ataque condenavel da russia sabemos o k vao disser os nazis dentro da russia comandados por putin.

Destaques V+