Tempo
|
A+ / A-

EUA

Oklahoma. Pelo menos quatro mortos em ataque num hospital em Tulsa

02 jun, 2022 - 00:43 • Redação com agências

É o segundo ataque com armas de fogo nesta semana. No domingo, dois jovens morreram na sequência de um tiroteio num festival e, há uma semana, um ataque com armas de numa escola de Uvalde, no Texas, matou 19 crianças e duas professoras.

A+ / A-

Um novo tiroteio nos Estados Unidos, desta vez no centro hospitalar de Tulsa, no estado do Oklahoma, esta quarta-feira, provocou cinco mortos, incluindo do atirador, para além de vários feridos.

Em conferência de imprensa, o vice-comandante da polícia de Tulsa informou que, “até agora, há registo de quatro civis mortos e o atirador”. O número de feridos permanece incerto.

O principal suspeito é descrito como tendo entre 35 e 40 anos. Entrou no hospital armado com uma espingarda e uma pistola, também de acordo com as informações prestadas aos jornalistas por Eric Dalgleish.

As autoridades acreditam que o principal suspeito tenha sido vítima de um ferimento de bala auto-infligido. Não se conhecem as motivações do tiroteio.

Já citado pelo jornal “Washington Post”, o capitão da polícia de Tulsa, Richard Meulenberg, descreveu o cenário do tiroteio como "catastrófico".

O Hospital St. Francis Health System encerrou o campus devido à situação no centro hospitalar Natalie Medical Building, onde funciona um centro de cirurgia de ambulatório e um centro de saúde da mama.

Este é o segundo tiroteio no estado do Oklahoma, em dois dias. Dois jovens foram baleados no evento do Memorial Day perto de Taft, cerca de 16 quilómetros a sudeste de Tulsa, disse o Departamento de Investigação do Estado de Oklahoma em comunicado.

Este ataque ocorreu uma semana depois de um jovem de 18 anos ter assassinado 19 estudantes e duas professoras numa escola primária em Uvalde, no Texas.

Desde o início do ano já foram registados 233 tiroteios em massa, de acordo com a organização sem fins lucrativos Gun Violence Archive – incluindo já o tiroteio de Tulsa.


[Notícia atualizada às 06h14]

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+