Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Sete anos de Charlie Hebdo. França homenageia vítimas de atentado

07 jan, 2022 - 16:03 • Lusa

A cerimónia decorreu nos três locais onde morreram pessoas e em nenhum deles houve discursos, de acordo com o desejo das famílias. O jornal foi atacado em 7 de janeiro de 2015 por dois homens armados, abatidos dois dias depois.

A+ / A-

O ministro do Interior francês, Gérald Darmanin, e a presidente da Câmara de Paris, Anne Hidalgo, homenagearam nesta sexta-feira as vítimas dos ataques jihadistas contra o semanário Charlie Hebdo em Paris, ocorridos há sete anos.

Como todos os anos, a cerimónia foi repetida três vezes: em frente às instalações do semanário, onde os terroristas mataram 12 pessoas, uns metros mais à frente, onde foi abatido um agente da polícia, e junto a uma loja onde morreram quatro pessoas.

De acordo com o desejo das famílias das vítimas, não foram feitos discursos nos três locais, segundo a agência de notícias France-Presse.

Após a leitura dos nomes dos mortos, foram colocadas grinaldas, observado um minuto de silêncio e cantou-se o hino nacional francês, "A Marselhesa".

"Nunca os esqueçamos", escreveu Anne Hidalgo na rede social Twitter.


Além de Darmanin e Hidalgo, participaram na homenagem a presidente da região da Ilha de França, Valérie Pécresse, candidata às presidenciais de abril, e o prefeito da polícia de Paris, Didier Lallement.

A sede do semanário satírico Charlie Hebdo foi atacada na manhã de 7 de janeiro de 2015, por dois homens fortemente armados, os irmãos Kouachi, que foram abatidos a tiro dois dias mais tarde, durante uma operação policial.

O ataque ao semanário, em protesto contra a publicação de caricaturas de Maomé, foi o primeiro dos ataques desse dia e seguintes, que provocaram um total de 17 vítimas em vários locais de Paris e na região da capital francesa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+