Tempo
|
A+ / A-

Ártico com recorde de calor: 38º em junho de 2020

14 dez, 2021 - 08:55 • Lusa

Foi registada na cidade russa de Verkhoyansk. É m novo "sinal de aviso sobre as alterações climáticas", alerta organização mundial.

A+ / A-

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) validou a temperatura recorde de 38° Celsius no Ártico. Foi registada na cidade russa de Verkhoyansk em 20 de junho de 2020.

"Este novo registo ártico é uma das observações reportadas ao arquivo de climas extremos da OMM, uma agência da ONU, que está a soar o alarme sobre as mudanças sofridas pelo nosso clima", salientou o secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, observando que no mesmo ano a Antártida também registou um recorde de 18,3°C.

Verkhoyansk situa-se cerca de 115 quilómetros a norte do Círculo Ártico e as temperaturas têm sido aí medidas desde 1885.

Esta região da Sibéria Oriental tem um clima continental muito seco, resultando em invernos muito frios e verões muito quentes.

"Este inquérito destaca o aumento das temperaturas numa região que é importante para o resto do mundo em termos de clima", pelo que é importante monitorizá-la continuamente, disse o relator da OMM sobre clima e extremos climáticos, Randall Cerveny.

Os investigadores da OMM estão a tentar "verificar uma temperatura de 54,4°C registada em 2020 e 2021 no local mais quente da Terra, o Vale da Morte na Califórnia, e também validar um novo recorde europeu de calor de 48,8°C estabelecido na Sicília este Verão", disse Taalas.

O grupo de peritos responsáveis pela certificação destes registos examina a validade dos instrumentos utilizados para medição e a coerência com a meteorologia atual.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+